Tuesday, 18 September 2007

Primeiro beijo ( cont. )

O oscar wilde escreveu (ancião que é ancião cita Oscar wilde e António Bottoe como dira um amigo meu..eu ja sou muito antiga )

Dizia o dito senhor, que "uma relação é uma amizade incendiada."

O Óscar, que a era Wilde que me perdoe se eu acrescente uma palavra a sua frase…incendiada e muito trabalhada.

Mas manter acesa a chama, de uma pessoa que tem 50% de sangue brasileiro e 50% de sangue japonês e um cérebro muito criativo dá muito mais trabalho.

Mas é esse “trabalho” que da gozo numa relação, que cria cumplicidades.

Um dia roubamos uma ideia de um filme e pintámos os corpos um do outro de caracteres japoneses, só para tirarmos fotos, ele ficou lindo eu fiquei uma espécie de personagem de filme de terror japonês…Um godzila, grande e peludo

Outro dia, comprei um alfabeto que brilhava no escuro e colei lhe no tecto do quarto sem o avisar…e como chegou casa podre de sono nem reparou que lhe tinha deixado um poema no tecto…só reparou no dia seguinte.

Como resposta, comprou comida no meu restaurante favorito, e esperou por mim à porta do meu emprego para irmos fazer um picnic a Sintra. Quando abri o cesto do jantar e tinha uma poloroid do tecto como poema e um grande "arigato arigato gozaimasu"

Um dia levei-o a praia grande. Pedi para ele ir comigo a areia e subir umas escadas perto das rochas. No final das escadas peguei-lhe na mão e coloquei-a na rocha. Era o fim do dia e já começava a ficar escuro o que jogava a meu favor pois não queria estragar a surpresa.

Pedi-lhe para ele olhar bem para a rocha e para a forma que rodeava a sua mão. Era uma pegada de dinossauro. Uma das muitas que existem na praia grande. E ali, de costas para o mar, encosteio a rocha, despi-lhe a camisola, beije-lhe o pescoço que o fazia sempre rir. E dei lhe um beijo.

Que teve o mesmo sabor do primeiro, que por coincidência ou fado, tinha sido a beira mar.

2 comments:

Mister Big said...

Uma nota como comentário, existem coisas que ficam adormecidas com o tmepo e que as vezes...um simples sorriso e um sobrolho levantado fazem despertar num segundo...

Édipo said...

E por estarem adormecidas há tanto tempo... de certa forma ficamos assustados com o poder que elas tem quando vem ao de cima.
Pensavamos que estavam la sem força e afinal sempre foram fortes, apenas adormecidas, hibernando...